13 de junho de 2008

Congresso Nacional da UJS - São Paulo

Estou em São Paulo, mais precisamente escrevendo de dentro de um telecentro do Parque da Juventude, local onde acontece o 14º Congresso da União da Juventude Socialista. Vale dizer que este parque foi construído onde funcionava o Carandirú, onde 111 jovens morreram assassinados. Alguns prédios foram dinamitados e dois continuam de pé, e eu dentro de um deles agora. Nossa, uma "vibe" muito estranha pensar que aqui dentro aconteceu uma chacina...
Bem, mas o que eu quero mesmo dizer é que o Congresso da UJS tá massa demais. Quase todos os estados da federação já chegaram aqui. Hoje pela manhã participei do grupo sobre a Democratização da Mídia, que teve como palestrante o genial Altamiro Borges. Ele levantou inúmeros pontos que merecem nossa atenção, um deles é o fato de usar espaços como esse blog para divulgar nossas idéias, para dar força aos meios contra hegemônicos. Ele reforçou muito o fato de valorizar a produção militante porque ela carrega consigo o sentimento popular de indignação. Adorei quando ele disse que temos que pegar pesado com os estudantes de jornalismo nas universidades pelo BR a fora, não é possível que as pessoas vendam a alma, que tenham como referência o jornalismo feito pela rede Globo. Resumindo: ele deu um pau! Bom demais.
Queria escrever mais, acabei de sair da aula magna com o Renato, mas meu tempo tá acabando aqui no telecentro. Fico devendo as fotos pro post seguinte.

2 comentários:

Helenira disse...

oi, achei vc! to aqui em PoA esperando notícias de vcs! continuo na mesma vidinha, são 22:37 vou dormir pq tenho agenda amanhã cedinho, huahuahuahuahuahuah!
bjus e se cuida!!!!!!!

Anônimo disse...

111 jovens? todos? tem certeza?
Jorge